domingo, setembro 27

protegendo crianças de todas as idades


Ao abir a primeira página do site globo.com deparei-me com a notícia (reproduzida no final do post) que foi o estopim desta referência aos gêmeos Cosme e Damião devotados especialmente pelos fiéis ao candomblé, bem como pelos católicos.

Meu primeiro contato com os garotos aconteceu em Lorena, na Tenda de Caridade Cabocla Jandira. Dos primeiros anos da infância até a pré-adolescência eu acompanhei a minha avó Idialina a esse templo umbandista, onde ela exercia as funções de cambona. A imediata empatia com a religiosidade espírita ocorreu naturalmente. Todos os rituais ali praticados despertavam-me uma agradável mistura de perplexidade e curiosidade.

Daquele tempo, porém, as festas de Cosme & Damião foram os eventos que ficaram registrados em minha memória com maior clareza. Doces, bolos, balas, brinquedos e roupas eram arrecadados pela comunidade lorenense e distribuídos no dia vinte e sete de setembro a todas as crianças que compunham a fila que atingia a calçada da edificação. E os trabalhos espirituais invocando a proteção das entidades eram envolvidos por uma atmosfera fantástica, profunda e verdadeira.



Mas, o que tudo isso tem a ver com a notícia? Acontece que a Teresa caiu nas minhas graças pelo exemplo ímpar de lucidez, bom humor, determinação e energia - embora estando prestes a completar dez décadas de existência física - percebido apenas em espíritos que exalam a Luz da Juventude.

Portanto, no meu entender, a jovem anciã também desfruta da simpatia dos meninos-santos que, com toda certeza, a cobrirão de bençãos e iluminarão a conquista de seu nobre objetivo.

Sendo eternamente - e deliciosamente - peraltas, não duvido que eles até façam uma boquinha de urna para ajudá-la a ser eleita...




Domingo é dia de eleições em Portugal. Uma campanha em especial está dando o que falar. E não é do candidato favorito.
As pesquisas apontam a reeleição do atual primeiro-ministro, José Sócrates. Mas com a crise econômica, o partido socialista, liderado por ele, deve perder a maioria absoluta no Parlamento. A principal adversária é Manuela Ferreira Leite, do partido social-democrata, que deve continuar na oposição. O ar sério da dama de ferro portuguesa não entusiasmou os eleitores. Nas eleições de Portugal, o ritmo da campanha é fortíssimo. Por isso, o país inteiro se espantou com a decisão de Teresa dos Santos Lopes. A candidata mais velha do país está estreando na política aos 97 anos. “A minha memória está novinha!”, diz.

O primeiro objetivo político é modesto. Ela só quer ser vereadora em Vila Franca da Beira, onde votam pouco mais de 500 pessoas. Na longa caminhada eleitoral, a bengala e duas filhas são companheiras fiéis.
Mas é dona Teresa quem conquista cada voto. “Estou coxa das pernas, dos meus braços não faço nada, nem das minhas mãos, mas a linguinha está muito boa, graças a Deus”, alfineta a candidata. Sobram forças para convencer os eleitores e a campanha é só o começo. Dona Teresa quer mesmo chegar ao fim do mandato, quando terá 101 anos de idade. O discurso afiado da vovó é em defesa dos jovens.
Ela decidiu ser candidata quando viu uma neta sem dinheiro para estudar. “Coitadinha, está em casa, sem ter livros para ir a escola. O governo que olhe para estas crianças, que olhe para esta juventude”, defende. Ideias valiosas para qualquer país.
E uma vontade de resolver os problemas do mundo inteiro. “Eu, se tivesse pernas, ia para o Brasil a pé”, finaliza.


15 comentários:

  1. Quem trabalha com crianças
    E ouve desabafo de sofrimento
    Tem por elas um carinho
    E vive sempre em "movimento"

    Já fez 35 anos
    Que as ajudo com carinho
    Umas têem de mais
    Outras!.. nem só um beijinho

    Era mesmo para as crianças
    Que o governo mais devia olhar
    Os lamentos são tão grandes
    Mas ninguém pára p´ra escutar

    Entrei hoje este blog
    E gostei muito do que li
    Como gosto de rimar
    Por isso respondo assim..

    Áurea

    ResponderExcluir
  2. Peço desculpa.Onde escrevi "este" quero dizer neste.
    obrigada
    Áurea

    ResponderExcluir
  3. Nossa Dalton, como eu gostaria de estar nesta cidade para votar nela. Amei o post, depois você me conta o resultado.
    Abração

    ResponderExcluir
  4. Que beleza, Áurea!
    Seus comentários são verdadeiros posts. Grato por sua sensibilidade.
    Um beijo!

    ResponderExcluir
  5. Oi Wanderley!
    Ela também teria o meu voto. De repente, nossos amigos de Portugal darão uma boa notícia sobre sua eleição. Vamos aguardar.
    Um grande abraço!

    ResponderExcluir
  6. Ela teria também meu voto, Dalton! Que apareçam velhinhas como Dona Teresa por aqui, não é?
    Um carinhoso abraço, amigo!
    Luísa

    ResponderExcluir
  7. Dalton,sempre que venho no cantinho da curva, aqui está chovendo.
    Adoro receber a tua visita.
    Teu post é muito interessante, precisamos de bons exemplos nesta vida.
    Deixo um grande abraço e o desejo de uma ótima semana.
    Bjs

    ResponderExcluir
  8. Meu mestre lembro também as festas dos Cosmes. São lindas quando feitas como pessoas as quais citas. Mas essa candidata me encantou ao assistir o JN e ve-la esbanjando vitalidade.

    ResponderExcluir
  9. "Nós" seremos esses velhinhos, cara Luísa. rsrs
    Assim espero realmente. Quando eu chegar aos oitenta colocarei a mochila nas costas e caminharei até onde as pernas aguentarem! Este é um compromisso que eu pretendo cumprir à risca.
    Um beijo!

    ResponderExcluir
  10. Oi Mariana!
    Suas visitas também são muito gratas, pois trazem ótimas energias. Grato pelo carinho.
    Um beijo!

    ResponderExcluir
  11. Caro poeta Antonio dos Campos, seja bem-vindo!
    Sinto a mística emanada pelos gêmeos quando estou lecionando.
    Estou ansioso pra saber como a Teresa saiu-se nas urnas. Oxalá tenha sido eleita e dê um show de administração!!!
    Um abraço, garoto!

    ResponderExcluir
  12. Oi Dalton!!! Tudo bem? Cheguei...rs Vim visitar o "cantinho" e aproveito para agradecer seu carinho e suas visitas ao meu blog durante a minha ausência. Como dizia o grande Vinícius, " A gente não faz amigos, reconhece-os". E você é um amigão.

    Muito bom te ler.Amei o post!!! Que linda a D.Teresa.Essa é das minhas.rsrs Quem dera, termos candidatas como ela. Se pudesse trocaria meu título para Portugal. E um Viva a São Cosme e Damião. Lembrei do Seu Milesi.:)

    Um beijo (agora carioca) pra você.
    Ihiii...estou vendo a nova foto. "Gatíssimo", hein, amigo...rs

    ResponderExcluir
  13. Aleluia, querida amiga Lau!
    Já estive no Renascendo e já deixei meu alô no "Oi Pessoal!!!! Contente Em Estar de Volta..." Por sinal, uma ótima crônica. Parabéns!
    Nós também ficamos muito contentes com o seu retorno.
    Ah, e já fica combinado: em 2010 vamos lançar a Teresa pra senadora, o Cosme pra deputado e o Damião pra prefeito de cidade do interior de minas... rsrsrs
    Grato pelo carinho e pelo elogio. Seja bem-vinda!
    Um grande beijo!

    ResponderExcluir
  14. Olá! Parabéns pelo site e pela postagem. Sou do Rio de Janeiro, mas moro em Guaratinguetá há sete anos. Lendo sua descrição, lembrei-me dos dias de Cosme e Damião lá no bairro de Água Santa, subúrbio do Rio, quando a criançada corria louca pelas ruas atrás de quem estivesse dando doces. Na minha rua mesmo havia um terreiro de Umbanda que fazia uma grande festa, com direito à distribuição prévia de convites.
    Bem, hoje eu coordeno o Terreiros do Vale (terreirosdovale.blogspot.com), projeto destinado ao cadastramento dos terreiros de Candomblé e Umbanda do Vale do Paraíba, interior de São Paulo. Concluí o cadastramento de Guaratinguetá e fiz alguns do litoral norte. Gostaria de começar Lorena, mas estou tendo dificuldades de encontrar as tendas. Já me falaram da Tenda de Caridade Cabocla Jandira, só que ninguém sabe me dizer ao certo onde ela fica, por estranho que possa parecer. Você poderia me orientar onde exatamente fica essa casa?

    Obrigado e visite nosso site terreirosdovale.blogspot.com

    ResponderExcluir